Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quem Tramou a Gordinha?

Quem Tramou a Gordinha?

28
Jun19

Sabem quem é o Rocket Man?

Cláudia Matos Silva

Poucos o conhecem como Reginald Dwight, o miúdo gorducho inglês com um extraordinário ouvido para a música, mais tarde reconhecido mundialmente como Elton John. Há muito se falava numa biopic, Justin Timberlake terá manifestado vontade de assumir o papel de Elton John no grande ecran, ficou-se no entanto pelo teledisco 'This train don't stop there anymore' e diga-se que não esteve nada mal.  Para o muito aguardado 'Rocket Man', o filme cujo título é um dos emblemáticos temas do cantor, Taron Egerton foi o actor escolhido para lhe vestir a pele. 

 

Quando Elton John se revelou ao mundo como a maior estrela da pop, o nosso pequeno Portugal ainda vivia em ditadura, mesmo que prestes a cair, ela ter-se-à prolongado para além de 1974, num povo de mentalidade fechada ao mundo e genericamente inculto. Por isso, neste rectangulo meio à deriva no oceano Atlântico, Elton John  só atracou o seu barco com o tema 'Nikita'. Eu diria até que há a fase AN / DN (Antes de Nikita /Depois de Nikita), como um divisor de águas na carreira do músico, acompanhado pelas letras pertinentes, simples e certeiras de Bernie Taupin.  Sem querer fazer 'spoiler' mas para que não vão ao engano, 'Nikita' não é sequer referenciado no filme. Desconfio até que há anos não deve tocar este tema algo embaraçoso, apresenta-se a Portugal com a mais foleira balada de todos os tempos, a que se junta um telediscos que não conseguimos esquecer. E num país 40 anos fechado a sete chaves, invertem-se os valores e desde então  o lema é, tudo o que vem de fora é que é bom. Tão bom que até os velhos do restelo não compreendendo a língua inglesa ficaram deleitados com o tema 'Nikita', cujo clip costumava anteceder o jornal das 8 da noite onde inevitavelmente se falaria da guerra fria. 

 

Se Elton John, apesar de não ser um homem nem bonito nem elegante, foi durante quase duas décadas um dos tipos com mais pinta da pop internacional, depois de 'Nikita' passou a ser alvo de chacote, nomeadamente por estas bandas.  O Punk  emergia em Portugal e repudiava tudo o que cheirasse a producto processado. O que essa malta do punk não sabia é que antes de ser um foleiro do caraças, Elton John tinha feito umas coisas bacanas e até bastante progressistas. Mas como o progresso não queria nada com Portugal, uma vez mais lá andavamos à deriva a ouvir Nelson Ned ou Roberto Carlos nos discos pedidos na rádio, e já era uma sorte.

 

Talvez por tudo isto que acabei de referir 'Rocket Man' não tenha o impacto que teve noutros países onde o jovem e excêntrico Elton arrasou com os tops de vendas e encheu os maiores estádios a nível mundial. A Portugal sabe-se que o músico veio a Vilar De Mouros em 1971, o woodstock à portuguesa, por onde passaram o Variações e a sô dona Amália. Um festival para uma elite hippie (porque só se podia dar ao luxo de ser hippie quem tinha familias endinheiradas) e contactos com o exterior para saber que música estava a bater nas tabelas de venda mundiais. As preocupassões das massas eram outras. Tentavam poupar os seus familiares a uma guerra estúpida. Num país onde ainda se reclamavam as colónias ultramarinas, miúdos morriam diariamente numa luta sem razão e ouvir Elton John não seria certamente uma prioridade.

 

Assistir a 'Rocket Man' é perceber tudo o que Portugal andou a perder durante esses anos loucos do sexo, da droga e do rockn'roll. Porque no ponto em que o filme termina, por volta dos anos 80, quando o artista deixou de vez o consumo de alcool e drogas (segundo o próprio está limpo há quase 30 anos), foi quando ele se introduziu na cultura nacional. Hoje toda a gente conhece o Elton John, aquele cota gorducho que implantou cabelo (ou então usa peruca), caixa de óculos, com dentes de mentiroso e a cantar baladas de elevador. Para a maioria de nós ele é pouco mais que isso. Aquele gajo que fez a canção para a princesa Diana e a banda sonora do 'O rei lei', tanto num e noutro caso fico arrepiada de as ouvir, mas é de pavor. Mas não vou negar, na fase menos 'cool' do Elton John adoro 'I don't wanna go on with you like that',  ' Something about the way you look tonight', 'I want love' e sim, por estranho que pareça eu gosto e muito da música 'Nikita'.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.