Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quem Tramou a Gordinha?

Quem Tramou a Gordinha?

08
Jan20

Quem disse que 2020 tem de começar bem?

Cláudia Matos Silva

O meu não começou nada bem. Uma cena de amuo entre casal, mesmo na hora em que devia saltar a rolha da garrafa de  champanhe, e fazer aquele estardalhaço todo, para imediatamente se ver a espuma jorrar gargalo fora. Nem um grilo se ouvia naquela casa. 2020 entrava de fininho e um silêncio aterrador.

 

Depois na televisão é fogo de artificio no mundo inteiro e da minha parte também sinto-me prestes a explodir mas mantenho o silêncio que às vezes é de ouro e outras vez mói até ao sabugo e eu sabia que queria moer-lhe o juizo com o meu estranho e inesperado silêncio. Porque se eu não digo nada, a coisa vai mal. E bem não ia, concerteza. Foi assim na nossa casa e terá sido assim em muitas outras casas, às doze badaladas nem um piu, porque a vida é feita destas coisas. E não é porque o ano muda que as coisas se transformam repentinamente, e num instante tudo o que estava mal passa a ficar bem. 

 

É uma ilusão que as pessoas reservam para esta altura do ano, chamam-lhe de resoluções, arranjam agendas motivacionais e prometem fazer x cursos on line, começar a praticar yoga, ler 3 livros por mês, passar menos horas nas redes sociais e reduzir na carne porque são os peidos das vacas que dão cabo disto tudo. 

 

Não tenho agenda, nem planos. Quero lá saber das resoluções. Basta-me um dia de cada vez. A vida é das coisas mais incertas que temos, e se por um lado é ela que nos sustenta, dia após dia, com oxigénio nos nossos pulmões, a qualquer instante a vida pode simplesmente deixar de nos querer fornecer energia. Sim, a vida pode-se-me acabar antes mesmo de ter tempo de terminar este post. A vida pode abandonar-me agora e deixar-me aqui, um corpo vazio e inerte de laptop nos joelhos. Hoje até que dava um bom cadaver mas não me parece um bom dia para morrer.

7 comentários

Comentar post