Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quem Tramou a Gordinha?

Quem Tramou a Gordinha?

08
Mar20

No dia da mulher, vamos conhecer uma mulher extraordinária?

Cláudia Matos Silva

Angelina, très jolie:) Uma das pessoas que o instagram me trouxe e com quem estabeleci desde o início uma relação muito cúmplice, apesar de ser apenas uma relação virtual. Para mim, no topo da minha ignorancia a Angelina era aquela rapariga anã do instagram. E assim continuei a referir-me a ela como anã, sem saber que o termo é bastante ofensivo. Eu não fazia ideia, porque a única vez que cruzei com um anão devia ter 5 anos, estava no hospital da Estefania com uma das minhas crises, e aparece-me um médico muito pequenito. Eu fiquei ainda mais aterrorizada mas com o trato percebi que era uma pessoa normal só que baixa em estatura e uma cabeça desproporcionalmente grande. Depois deste episódio, anões na minha vida, não lembro de os ter visto...a não ser no programa do TLC.

 

A Angelina tem-me contado a sua história aos poucos, inclusive explicou-me que não é de bom tom dizer anão mas sim nanismo. Confesso, gosto de a provocar com a palavra anã ou 'anoa' mas porque ela tem comprimento de onda, se não fosse assim, nunca nos teríamos entendido tão bem. Conhecê-la pessoalmente não foi extraordinário, lamento Angelina, mas já te conhecia tão bem que foi apenas a extensão de tudo o que haviamos falamos virtualmente. A Angelina é tudo o que imaginei dela, sem tirar nem por, e quanto ao tamanho, esqueci-me desse detalhe...tal como havia acontecido quando tinha 5 anos e apareceu um médico estranhamente pequeno para o meu entendimento de criança que nunca vira um adulto tão pequeno. 

 

É claro que a história não é assim tão bonita. A Angelina é uma miúda de 30 anos que vive bem com a sua condição, inclusive com os comentários (sejam ofensivos ou de condescendencia) até porque o facto de viver num meio pequeno deu-lhe estaleca. Responde à letra se tiver de ser, segue segura o seu caminho, carrega com a sua bagagem seja uma mala, sejam as memórias que fazem dela o que hoje é . Ela de pequena só o tamanho, é uma mulher com uma cabeça e um coração grandes e por isso é tão fácil gostar dela. Creio até que neste seu bem estar na sua própria pele acaba por atrair para o seu lado pessoas do bem, não é por isso de estranhar que namore com um miúdo impecável e não, não tem nanismo. E isso fará alguma confusão a muitas pessoas, talvez a Angelina se devesse contentar com um anãozinho, para juntos serem anõezinhos felizes nas suas pequenas casas e os seus filhotes anões. Nada disto é verdade na vida Angelina, très jolie, ela pensa como uma mulher de estatura média, a cabeça dela funciona tanto ou melhor como a cabeça de uma mulher (tem as suas noias, como cada um de nós tem as suas) e sonha como todos nós sonhamos.

 

É claro, a Angelina sabe que o caminho para ela é mais dificil, não vale a pena dizer que não. Tudo para ela se torna mais dificil porque as acessibilidades não são feitas a pensar em gente pequena. Para ela tudo é um desafio; abrir uma porta, ir ao wc, pedir um café...quer dizer, coisas que damos como certas, a Angelina vê-se grega, mas não se atrapalha e tenta vencer as adversidades com muita teimosia porque se há coisa que não suporta é que tenham pena dela ou que lhe tentem facilitar o caminho só porque tem as pernas mais curtas. Leve o tempo que levar a Angelina vai chegar ao seu destino, sempre rodeada pelo afacto dos seus e dos que vai conquistando pelo caminho. Neste dia da mulher, não quero flores, nem palavras vãs, eu só quero falar de uma pessoa que amei genuinamente conhecer e com quem quero voltar a privar. És tu Angelina, très jolie.

 

Gostava de desafiar quem lê este blog a  escrever de uma mulher extraordinária que o mundo devia conhecer. As que cruzaram o vosso caminho e de alguma forma fizeram a diferença. E não o façam só hoje porque é dia 8, façam-nos sempre que vos dê na gana.

 

PS - a foto com um enorme raio de luz em cima de nós foi escolha propositada. Somos ambas iluminadas, acredito nisso e a foto não me deixa mentir:)

1 comentário

Comentar post